Pegada Ecológica

Que marcas você quer deixar no planeta? Calcule sua Pegada Ecológica.

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Dicas de como implantar a coleta seletiva em seu condomínio

Todos os dias, a humanidade gera, em média, 3,5 milhões de toneladas só de lixo domiciliar! Os problemas causados pela geração, acúmulo e destinação inadequada de lixo em nossa sociedade são mais evidentes e urgentes na medida em que a quantidade e variedade dos resíduos aumentam e a disponibilidade de espaço nas cidades para seu descarte diminui.
A coleta seletiva é uma forma de se diferenciar o lixo diretamente no seu gerador para serem coletados com a finalidade de serem reciclados. Esta coleta pode ser feita de diversas maneiras: porta-a-porta, através de caminhões que passam para pegá-los, levando os materiais a Postos de Entrega Voluntária, através da parceria com alguma cooperativa de catadores.

Cada um pode ajudar na coleta seletiva, basta colocar o lixo gerado no lugar certo. Para isso a coleta seletiva pode ser feita através da separação dos resíduos em dois ou em mais coletores.
A coleta também pode ser feita separando-se o lixo em mais partes, apesar de ser um pouco mais complicado. Em cada coletor vai um tipo de material diferente e para diferenciar cada coletor, utiliza-se um padrão de cores diferentes para cada material, veja a figura:

Veja mais Dicas Passo a Passo


Como Organizar a Coleta Seletiva em um Condomínio

  1. Não separe o lixo sem antes ter planejado para onde enviar.
  2. Converse primeiro com quem irá retirar os materiais.
  3. Contatar o síndico e o zelador;
  4. Verificar um local para armazenar os materiais (na garagem, embaixo da escada, etc.);
  5. Identificar se alguns materiais já são coletados separadamente (como jornais) e, em caso positivo, para onde são encaminhados;
  6. Reaproveitar algumas lixeiras usadas para colocar os recicláveis separadamente.
  7. Combinar a retirada periódica dos materiais com uma cooperativa de catadores ou sucateiro da região. Contate os prédios vizinhos. Como a sucata vale pouco, é preciso juntar uma quantidade razoável para compensar os custos da viagem de quem retira. Caso contrário, será necessário recorrer aos postos de entrega voluntária.
  8. Definir os tipos de materiais que serão coletados (ex. papéis/papelão, metais, plásticos e vidros);
  9. Orientar o zelador e faxineiros para que depositem os materiais separadamente em sacos plásticos grandes. É muito importante não misturar. Os jornais e revistas podem ser amarrados.
  10. Divulgar um Comunicado (cartaz) envolvendo os moradores na coleta seletiva.
  11. Acompanhar os resultados e zelar pela continuidade do programa. Incentivar o pessoal da limpeza e novos moradores a não misturar os materiais.


EXEMPLO DE COMUNICADO (adapte para seu condomínio)
Vamos iniciar agora neste edifício, a coleta seletiva de materiais para reciclagem.
Esta atividade beneficia a natureza, a cidade, o planeta e a todos nós cidadãos.

Materiais que iremos coletar :
Papel, papelão, metais, todos os tipos de plásticos e vidros.

Como participar :
No seu apartamento, descarte os recicláveis separadamente do lixo orgânico e de resíduos não-recicláveis.
Revistas, jornais, papéis e papelão podem ser colocados ao lado do latão de lixo no seu andar.
Os plásticos, metais e vidros que juntar (tudo seco), deverão ser descartados nas lixeiras especiais para reciclagem localizadas...

Cuidados Especiais :
Toda embalagem reciclável de alimentos deve ser lavada para não atrair insetos, nem ficar com cheiro forte, enquanto estiver armazenada no edifício. Oriente seus familiares e a diarista / empregada doméstica. As latinhas de alumínio e garrafas de plástico  (rosquear a tampa no PET) devem ser amassadas para ocupar menos espaço (pode pisar em cima). As caixas de papelão devem ser desmontadas. Os papéis não podem ter brilho ou metais (grampos, clipes).
Deixe uma vasilha sob a torneira da pia da cozinha e reutilize esta água para lavar as embalagens vazias de alimentos que irão para reciclagem.

Destino dos recicláveis :
O serviço de retirada do material será feito pela cooperativa de catadores ....

Coordenação :
Para uma participação mais ativa, dúvidas ou sugestões fale com o organizador Sr. "_".

EXEMPLOS DE RECICLÁVEIS
Papel : folhas de caderno, folhas de sulfite (já usadas frente e verso), jornais, revistas, caixas, papelão, cartolinas, cartões, rascunhos escritos, envelopes, fotocópias, folhetos, impressos em geral, papel de fax, formulários de computador.
Metal : latas de alumínio (ex. latas de cervejas e refrigerantes), outros diversos.
Plástico : tampas, potes de alimentos (margarina), frascos, utilidades domésticas, embalagens de refrigerante, garrafas de água mineral, recipientes para produtos de higiene e limpeza, PVC, tubos e conexões, sacos plásticos em geral, peças de brinquedos, engradados de bebidas, baldes.
Vidros : inteiros ou quebrados (cuidado para não causar ferimentos na manipulação).

NÃO SÃO RECICLÁVEIS :
Os seguintes papéis : adesivos, etiquetas, fita crepe, papel carbono, fotografias, papel toalha, papel higiênico, papéis úmidos e guardanapos engordurados, papéis metalizados, parafinados e plastificados. O rolo de papelão que fica dentro do papel higiênico é reciclável.
Também não : esponjas de aço, latas de tintas, pilhas, tomadas, isopor, espuma, fraldas, espelhos, cristal, ampolas de medicamentos, cerâmicas e lâmpadas.

Reflita sobre seus hábitos de jogar fora :
Reduza o desperdício, reaproveite tudo o que for possível e só depois envie para reciclagem.
Preserve o meio ambiente. Nossa qualidade de vida depende dele.

Fonte: hojeemdia.net.br e www.natureba.com.br

Fique a vontade para repassar os conteúdos, porém lembre-se de citar a fonte para que outras pessoas também nos visite. www.todosjuntospeloplaneta.com.br

Um comentário:

  1. Gostaria de implanta em meu condomínio que tem 45 apartamento, mas fazer da coleta de reciclável uma fonte de renda p/ que com o lucro do mesmo pudéssemos compra material de limpeza p/ conservação do nosso condomínio. Adorei as dicas .

    ResponderExcluir

Artes do Sul - Informação, Arte & Tecnologia

Dicas, Informação & Liderança

EcoManagement

Ambiente Energia

Dicas - Dicadedica

Sustentabilidade, Meio Ambiente, Economia, Sociedade e Mudanças Climáticas.

Faca Parte do EcoD

Hora do Planeta

Hora do Planeta 2009.

Greenpeace