Pegada Ecológica

Que marcas você quer deixar no planeta? Calcule sua Pegada Ecológica.

sábado, 13 de dezembro de 2008

Real Situação do Estado de Santa Catarina

Santa Catarina tem um povo forte e lutador, lamentamos muito pelo que houve em decorrência das chuvas de Novembro de 2008, mas estamos em sintonia com os atingidos pelas enchentes. Santa Catarina já está trabalhando firme para se recuperar plenamente e estes fatos farão parte de nossa história.
O povo brasileiro é muito solidário. Obrigado a todos pela ajuda que nos tem dado, principalmente aos volutários.
Aqui em Bombinhas, não tivemos ocorrências e a cidade está pronta para a temporada de verão. Os projetos de recuperação das vias de acesso já estão em andamento e em breve estarão concluídos.
Agora, principalmente, precisamos de sua visita. O turismo é nossa principal fonte de renda.
Nosso litoral continua lindo como sempre.
Venha em suas férias, Santa Catarina precisa de você.

Alguns veículos de imprensa e TV noticiam de forma geral como se os problemas das chuvas tivessem ocorrido em todo o Estado de Santa Catarina, causando prejuízos imensos à imagem do Estado e consequentemente à nossa população que sobrevive do Turismo.

Porém o Litoral de Santa Catarina permanece com sua Rede Hoteleira e a Estrutura de Lazer em perfeito funcionamento.

DESFRUTE DAS NOSSAS BELAS PRAIAS, PARQUES, CIDADES HISTÓRICAS, MUSEUS E MUITO MAIS...

Veja alguns fatos que mostram que a normalidade está totalmente estabelecida no Litoral de Santa Catarina:

  1. A BR101 foi liberada neste domingo 30/11/08.
  2. No domingo dia 30/11/08, logo após o término das intensas chuvas tivemos “O DESAFIO DAS ESTRELAS” prova de Kart realizada no kartódromo de Florianópolis com pilotos da Fórmula 1 como Michael Schumacher, Felipe Massa, Rubens Barrichello e mais outros importantes pilotos do cenário internacional.
  3. Os acessos para a região norte do país estão liberados.
  4. Nossos aeroportos de Navegantes e Florianópolis estão funcionando sem problema algum.
  5. Não há qualquer problema de falta de água, comida ou infra-estrutura para o turista aproveitar a estadia.

Os destinos turísticos no litoral de Santa Catarina continuam lindos e prontos para receber turistas no verão 2009. As enchentes e deslizamentos ocorridos no período de 21 a 25 de novembro passado se concentraram principalmente no Vale do Itajaí, ou Vale Europeu, como é também conhecido. A área não é considerada turística.

Balneários, praias e outros destinos catarinenses, famosos pela beleza natural e excelente estrutura hoteleira e de serviços, não foram atingidos e aguardam os turistas, como em todos os verões.

O setor de turismo gera cerca de 7% do PIB anual catarinense na estação de veraneio. “O fluxo de turistas, no verão que se aproxima, será muito importante para a recuperação de Santa Catarina”, afirma Wilson Machado, presidente da seção catarinense da Associação Brasileira das Indústrias de Hotéis (Abih).

“Será uma catástrofe ainda maior, para o Estado, se o fluxo turístico for interrompido”, ressalta Célio Salles, empresário catarinense e presidente do Conselho Nacional de Administração da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). Até o momento, o número de cancelamentos nas reservas não é significativo, segundo o presidente da Abih/SC.

“A tragédia não é menor do que a anunciada pela mídia, porém está concentrada em áreas que não são as do turismo”, explica Salles. Campanhas de esclarecimento estão sendo promovidas por hotéis, pousadas, restaurantes, agências de viagens e receptivo, entre outros, junto à clientela.

Nas próximas semanas, a Secretaria de Estado do Turismo de Santa Catarina (Santur) e entidades do trade turístico vão deflagrar campanha publicitária nacional para atrair turistas e garantir os negócios no verão. O slogan das peças será 'Santa Catarina continua linda', baseada em música de Gilberto Gil dedicada ao Rio de Janeiro.

“Desde a semana passada, recomendamos aos hoteleiros que entrassem em contato com seus hóspedes”, informa o presidente da Abih/SC. A situação nas praias catarinenses é totalmente normal, de acordo com ele. “A atividade turística é determinante para a vida das pessoas no litoral”, enfatiza Salles. A Abrasel/SC também apóia a campanha 'Santa Catarina continua linda', a ser lançada.

Algumas prefeituras de destinos turísticos também estão começando a distribuir matérias jornalísticas, esclarecendo que a estrutura dos destinos está pronta e aguardando visitantes no verão. “A campanha será, ainda, uma forma de agradecimento à solidariedade dos brasileiros”, observa Salles.

Solidariedade Hoteleira

Na próxima semana, empresários do trade turístico vão promover a campanha Solidariedade Hoteleira de Santa Catarina. Diárias de hotéis, a preços mais acessíveis, serão colocadas em leilão eletrônico.

Do total arrecadado, 70% serão doados para os funcionários dos hotéis associados à entidade que foram atingidos pelas enchentes. O restante (30%) serão repassados para a Defesa Civil do Estado, diz Wilson. “A empresa de leilão está sendo contratada”, informa o presidente da entidade.

As reservas nos meios de hospedagem em Santa Catarina estavam em torno de 65% da capacidade total do Estado antes das chuvas e desastre ocorridos no Vale do Itajaí. Oitenta por cento delas são referentes a destinos litorâneos. A maioria é para hotéis e pousadas de Florianópolis, cuja estrutura conta com 30 mil leitos.

A capital catarinense parou apenas durante os cinco dias de chuvas intensas, esclarece Wilson. Os transtornos pontuais ocorridos já estão sendo solucionados. Eles estão concentrados no Norte da ilha. O acesso às praias Jurerê, Ingleses e Canavieiras, entre outras, estará restaurado em 15 dias, informa. Desvios provisórios garantem o acesso a essas praias por enquanto, segundo ele.

Alerta

Campanhas, notícias das prefeituras e sites dos integrantes do trade turístico estão começando a divulgar informações e fotos dos balneários e praias para mostrar que continuam em condições normais para o recebimento de turistas. Informações confiáveis sobre doenças decorrentes das enchentes não foram confirmadas pelos órgãos responsáveis, segundo os dirigentes da Abih/SC e Abrasel/SC. Há muita especulação em torno da situação de extrema dificuldade no Vale do Itajaí.

Os meios de comunicação do Estado estão começando a informar que doações materiais já não são mais necessárias. “Há problemas de distribuição nas localidades”, revela Célio. Em alguns casos, há excesso de doações. Um dos locais atingidos pelas enchentes e deslizamentos recebeu doações de arroz suficientes para dez anos de abastecimento, exemplifica.

Doações em dinheiro continuam bem-vindas, porém devem ser depositadas nas contas da Defesa Civil do Estado de Santa Catarina, alerta o presidente da Abrasel/SC. Há iniciativas e contas bancárias suspeitas sendo divulgadas para arrecadar recursos financeiros para Santa Catarina, segundo o dirigente.

Clique aqui se você quer alugar um apartamento em bombinhas?

Obrigado
Araguaci Carlos de Andrade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artes do Sul - Informação, Arte & Tecnologia

Dicas, Informação & Liderança

EcoManagement

Ambiente Energia

Dicas - Dicadedica

Sustentabilidade, Meio Ambiente, Economia, Sociedade e Mudanças Climáticas.

Faca Parte do EcoD

Hora do Planeta

Hora do Planeta 2009.

Greenpeace